Patologias causadas por falta de projeto de impermeabilização

O sistema de impermeabilização deve ser pensando na fase de projetos de uma edificação. Assim como os demais projetos obrigatórios, a impermeabilização também deve ser compatibilizada em projeto na edificação a fim de garantir que os sistemas sejam dimensionados para as áreas corretas e se possa fazer uma aplicação assertiva do sistema.

A ausência de um sistema de impermeabilização adequado ou má executado, por falta de projeto, pode gerar inúmeros problemas patológicos para o edifício. Além de aumentar os gastos com a impermeabilização, que em média é de 2% do valor total da construção, para até 15% em casos que os danos são praticamente irreparáveis.

Muitos desses danos gerados são mais do que goteiras no teto da garagem e contribuem para verdadeiras patologias que a longo prazo podem comprometer as estruturas do edifício.

Mas o que são essas patologias?

 As patologias no âmbito da construção civil, são problemas ou ate anomalias causadas pela falta de projeto que resulta na execução incorreta na obra. Tendo em vista o clima majoritariamente tropical do Brasil, decorrente de longos períodos de chuva e alta umidade relativa do ar entende-se que a água é a maior causadora destes problemas.

 

Sendo assim a água pode penetrar na edificação de diversas maneiras, através de:

– Umidade ascendente por capilaridade:

Quando há absorção da água, proveniente do solo, causada por falhas de impermeabilização das vigas de baldrame que estão em contato direto com o solo.

– Umidade por infiltração:

Quando há penetração direta da água através de paredes ou locais que não foram vedados corretamente, geralmente ocasionada pela chuva.

– Umidade por condensação:

Quando a umidade proveniente de vapor de água entra em contato com a superfície em temperatura ambiente, ocorrendo a condensação e penetração da água.

– Umidade acidental:

Quando ocorre a infiltração por meio de tubulações, geralmente em edifícios mais antigos onde não há plano para manutenção.

 

E quais são as patologias derivadas de ação de água mais vistas nas edificações?

1.Mofo

É a proliferação de fungos na superfície úmida, geralmente ocorrendo na parte de baixo da parede devida a umidade presente na alvenaria.

 2.Bolhas na pintura e descolamento de azulejos

Formação de bolhas na parede, havendo ate o descolamento de pedaços da pintura e de peças de azulejos causadas por umidade ascendente do solo ou umidade por condensação em áreas mais fechadas. Pode-se evitar projetando impermeabilização com argamassa cimentícia adequadas para banheiros e áreas de serviço.

3.Eflorescência

Quando os sais dos metais alcalinos e alcalinos ferrosos se dissolvem e vão para superfície da estrutura. Ocorrendo, geralmente, por infiltração da água no concreto. A eflorescência pode ser evitada por meio do projeto de impermeabilização, prevendo as áreas suscetíveis à ação da água, como lajes de cobertura, lajes externas de lazer e piscina.

4.Corrosão

Uma das manifestações de patologias mais comuns a ser observada, a corrosão das armaduras do concreto em função de umidade que é transportada através da absorção capilar ou difusão para dentro da estrutura, o que pode ser extremamente danosa para a estrutura do edifício podendo gerar graves consequências.

5.Carbonatação

Reduz a alcalinidade do concreto causando a destruição da capa da armadura o que permite o início da corrosão. A carbonatação ocorre geralmente nos concretos mais porosos.

Conclusão

O projeto de impermeabilização, principalmente quando feito em conjunto com os demais projetos, é capaz de prever eventuais ações da água na edificação e assim, planejando corretamente os sistemas de impermeabilização mais adequados a serem aplicados. De maneira, que se torna possível prevenir as patologias causadas por infiltração e umidade. Portanto, reduz custos com retrabalhos, gera maior durabilidade e vida útil ao edifício, além de maior conforto e segurança para os usuários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

doze + 20 =

Menu